Responda rápido! Será que você está gerando leads da maneira correta?

Um voo para o futuro
18 de abril de 2019
Exibir Tudo

Responda rápido! Será que você está gerando leads da maneira correta?

Você tem um produto? Um serviço? Quer vender este produto ou serviço para seus prospects? Fácil, vamos gerar leads e aí vendemos para eles! O que vemos por aí de profissionais de vendas e marketing achando que gerar leads é a solução para os problemas deles, é de uma grandeza sem fim. Gerar leads não é simplesmente ofertar um produto ou serviço para quem tem potencial de compra. Gerar leads é um trabalho que começa pelo conhecimento interno de um produto ou serviço, identificação das limitações e abrangências, definições de necessidades junto aos prospects e se estende pela parte estratégica. Gerar lead é uma arte!

Para uma efetiva geração de leads, é essencial que três pontos sejam questionados:

Para quem:
Qual o segmento de interesse? Há mais de um segmento? Se sim, quais? Eles podem concorrer entre eles? Se sim, qual o segmento mais rentável? Qual o mais rápido dentro da cadeia para gerar negócio? Quem são os decisores, formadores de opinião e os influenciadores?

Por que:
Qual a relevância deste serviço ou produto para os prospects? Há alternativas para segmentos diferenciados? O que atrairia um prospect para este produto ou serviço? Qual é o momento certo de ofertar?

Como:
O trabalho será realizado de modo online? Off-line? A estratégia de abordagem passará para um levantamento de informações dos grupos de interesse? Que desenho tático será utilizado para a aproximação com este grupo de empresas?

A elaboração destas estratégias, bem como o skill da equipe que participará do processo são responsáveis por 50 % do sucesso ou fracasso da ação. Um colaborador envolvido não tem só que saber falar sobre o serviço ou produto – ele tem que entender o processo de trabalho no qual ele está envolvido, qual o seu papel dentro da estratégia.

Muitos podem pensar: “Mas que coisa chata! Só quero gerar reuniões para a minha equipe de vendas. Para que tudo isso?” Porque se isso não for feito, o processo não dará certo. Ou melhor, as chances de dar errado serão enormes. Aí, o cliente dirá que investiu e não obteve retorno. No entanto, se estes pontos forem discutidos e repassados antes da ação, as chances de retorno sobem, e muito. São apenas algumas dicas, mas que fazem toda diferença.

Silvio Bianchi
Publicitário, Diretor Presidente da Trilha Tecnologia, empresa especializada em negócios B2B

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *